Ministra da Agricultura fala sobre estados livres de aftosa sem vacinação

com informações da Agência Brasil

Em entrevista  ao programa A Voz do Brasil, a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Tereza Cristina falou sobre o reconhecimento de seis estados brasileiros como áreas livres de febre aftosa sem vacinação. “Isso significa qualificar melhor a carne brasileira, vender para países que pagam mais, pagam melhor. Recebem outros tipos de cortes mais nobres. E também significa o reconhecimento do status sanitário da nossa pecuária no Brasil”, disse a ministra. A certificação foi concedida pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE). 

De acordo com Teresa Cristina, os produtores terão acesso a mercados mais seletos como Japão, Canadá e Coreia do Sul, que compram apenas carnes com esse tipo de certificação. Junto com Santa Catarina, que já tinha esse reconhecimento, os sete estados livres de aftosa sem vacinação representam 40% do rebanho bovino brasileiro. Segundo Tereza Cristina, a meta é até 2026 ter o Brasil todo com esse status.

A ministra destacou que a adesão à campanha contra a febre aftosa – que está na primeira fase – sempre fica acima de 97% e é fundamental para os estados que desejam pleitear o reconhecimento como áreas livres de febre aftosa sem vacinação no futuro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.