Conab: monitoramento agrícola mostra que precipitações atrasam plantio da soja

A edição de setembro do Boletim de Monitoramento Agrícola, publicação que traz as análises meteorológicas realizadas pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), revelou que as precipitações de chuva na Região Central do Brasil impossibilitaram o início do plantio da soja nos estados em que o vazio sanitário terminou.

Por outro lado, de acordo com a pesquisa, as precipitações ocorridas na maior parte da Região Sul, favoreceram o desenvolvimento do trigo. A chuva ocorrida na região da SEALBA (Alagoas, Sergipe e Leste da Bahia) também ajudou a cultura do milho. O Índice de Vegetação, outro indicador monitorado no estudo, indicou boas condições para o desenvolvimento das culturas de inverno no estado do Rio Grande do Sul. Já os gráficos do Paraná mostraram uma redução no desenvolvimento do trigo devido às intempéries climáticas.

As análises ocorreram entre os dias 1º e 15 de setembro e tiveram como foco principal os cultivos de inverno. O Boletim de Monitoramento dá apoio tanto para as atividades de estimativa de safra, quanto à formação de conjunturas de mercado e gestão de estoques da Companhia. As condições atuais das lavouras são avaliadas por meio do monitoramento agrometeorológico nas principais regiões produtoras do país, em complementação aos dados de campo. O objetivo da combinação de coleta e análise de dados é gerar diagnósticos precisos da safra, para garantir a assertividade das estimativas de produção.

maxresdefault

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s