Abertas inscrições para o Prêmio Rural Sustentável

Estão abertas e vão até o dia 15 de outubro as inscrições gratuitas ao Prêmio Rural Sustentável – Sustentabilidade para o Desenvolvimento Rural. A premiação total atingirá R$ 450 mil, dividida entre as categorias previstas. A iniciativa é voltada aos beneficiários do Projeto Rural Sustentável com a finalidade de reconhecer e disseminar os exemplos de boas práticas e tecnologias aplicadas à agricultura de baixo carbono em Unidades Demonstrativas e Multiplicadoras cadastradas no projeto com o objetivo de promover o desenvolvimento e a redução da pobreza no meio rural.

Podem concorrer produtores, técnicos e instituições (ATERs) devidamente cadastrados no projeto que tenham Unidades Demonstrativas (UDs) e/ou Unidades Multiplicadoras (UMs) aprovadas. Na categoria de produtores e técnicos serão contempladas práticas, inovações tecnológicas ou gerenciais ou ações de regularização ambiental da propriedade com vistas à conservação dos recursos naturais, sejam florestais, hídricos, pedológicos, paisagísticos.

Os técnicos podem ainda concorrer nas categorias conservação, geração de trabalho e renda, experimentação, inclusão de gênero, além de envolvimento familiar e gênero. As ATERs (entidades) concorrerão nas subcategorias vinculação e continuação de políticas públicas e incentivo às práticas cooperativistas.

O objetivo do Projeto Rural Sustentável é melhorar a gestão da terra e das florestas por agricultores nos biomas Amazônia e Mata Atlântica, visando a conservação da biodiversidade e proteção do clima.

A divulgação dos resultados do Prêmio Rural Sustentável – Sustentabilidade para o Desenvolvimento Rural será publicado na internet, no dia 30 de novembro de 2018.

Os prêmios recebidos deverão ser investidos em bens ou ações ligadas direta ou indiretamente na geração de renda e sustentabilidade no meio rural, considerando as peculiaridades locais. Deverá ser apresentado junto à inscrição do prêmio, a Proposta de Aplicação dos Recursos, que deverá conter o detalhamento de como o benefício será investido. A premiação será dada com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

O Prêmio é fruto de cooperação técnica, que tem como o executor e gestor financeiro o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). A Cooperação Técnica é financiada pelo Fundo Internacional para o Clima (International Climate Fund – ICF) do Ministério da Agricultura do Governo Britânico (DEFRA) tendo como parceiro o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

O IABS (Instituto Brasileiro de Desenvolvimento e Sustentabilidade) é a instituição que realiza os serviços de execução e operacionalização de atividades administrativas e logísticas do projeto.

Para mais informações acesse o regulamento do prêmio.

main

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s