Frutas cultivadas em projetos da Codevasf serão expostas na Alemanha

Frutas cultivadas no Norte de Minas Gerais, nos perímetros públicos irrigados Jaíba, Gorutuba e Lagoa Grande, geridos pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), serão expostas na Fruit Logistic, feira mundial de fruticultura que acontece de 8 a 10 de fevereiro, em Berlim, Alemanha. Desde 2008, a fruticultura regional tem marcado presença no evento considerado um dos maiores do setor.

A ida da delegação norte mineira é viabilizada pela Associação Central dos Fruticultores do Norte de Minas (Abanorte). Além da participação no evento, pelo segundo ano consecutivo, as frutas também serão expostas na maior loja de departamento da Alemanha – a KaDeWe, que conta com uma ampla área de produtos gourmet de todo o mundo.

As frutas que serão expostas fazem parte da marca coletiva da Região do Jaíba, composta pelos municípios de Itacarambi, Jaíba, Janaúba, Matias Cardoso, Nova Porteirinha, Porteirinha, Verdelândia, Capitão Enéas, Montes Claros, São Francisco, Januária, Pedras de Maria da Cruz e Manga – onde estão localizados os projetos Jaíba, Gorutuba e Lagoa Grande.

“A Região do Jaíba produz frutas com qualidade e origem certificadas, com destaque para a banana prata, lima tahiti, manga palmer e mamão formosa. Por isso elas foram selecionadas. Elas se destacam na feira por terem um sabor mais acentuado, diferente das frutas produzidas na Europa”, explica Fernanda Silva, assessora de Comunicação da Abanorte.

A região ocupa uma área de 17.594 km² que recebe insolação média de 7h40 por dia, com temperatura variando entre mínima de 18 graus e máxima de 32 graus e conta ainda, com pluviosidade média anual de 940 mm. Estas condições formam combinações climáticas perfeitas para a produção de frutas tropicais (banana, manga, limão e mamão), permitindo o abastecimento dos mercados consumidores praticamente o ano inteiro. A região concentra atualmente uma produção de 600 mil toneladas de frutas, segundo a Abanorte.

De acordo com dados da Gerência Regional de Irrigação da Codevasf em Montes Claros, a banana – dos tipos prata e nanica – é o destaque nos perímetros irrigados da Companhia na Região do Jaíba. Os números mostram que a produção nesses perímetros irrigados, em 2015, chegou a cerca de 107 mil toneladas no período. Nos projetos, destacam-se também o limão (37,2 mil toneladas), a manga (28 mil toneladas) e o mamão (17,2 mil toneladas).

Vitrine para o mundo

“A participação dos produtores e o papel institucional realizado pela Abanorte neste ambiente de feira de negócios vêm trazendo uma nova dinâmica para a região, com o fortalecimento das exportações que se tornaram recorrentes de manga e limão ao longo do tempo. A banana prata e o mamão formosa também estão no rol das frutas promovidas nesta feira”, ressalta Saulo Bresisnki, presidente da Abanorte.

De acordo com a entidade, a região produz anualmente 270 mil toneladas de banana; 100 mil toneladas de manga; 41,4 mil de limão e 40 mil de mamão. Destes, são exportados 40% da produção de limão e 7% da manga. A banana e mamão atendem, atualmente, ao mercado interno, mas existem demandas para exportação que, em médio prazo, poderão ser atendidas.

Promovendo a marca Jaíba

Assim como no ano passado, as frutas da Região do Jaíba também serão expostas nas gôndolas da loja de departamento alemã KaDeWe. Haverá uma ilha exclusiva para apresentar as frutas com conceito diferenciado, onde o consumidor acessará, através de um QR Code, a história dos seus produtores e da forma de produção das frutas (banana, manga, limão e mamão), seguindo o mesmo conceito de promoção utilizado em 2016. A ação promocional começou no início deste mês de fevereiro e ocorre até dia 10, paralelamente à Fruit Logística.

A feira acontece anualmente. É a maior e mais importante com foco em frutas e legumes do mundo. Segundo dado da organização do evento, em 2016, foram mais de 2.884 expositores representando 83 países e mais de 70.000 visitantes de 138 países, contando com espaço de aproximadamente 117 mil m².

A participação da Região do Jaíba na feira conta com a coordenação da Abrafrutas (Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas) que organiza o estande do Brasil na feira.

codevasf-investe-em-irrigao_8673046172_o1
Manga, banana, lima e mamão da região do Jaíba (MG) marcam presença na Fruit Logistic 2017, feira mundial de fruticultura na Alemanha (Foto: Codevasf / Divulgação)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.