Tokio Marine cria Departamento de Produtos Rurais

Atenta ao potencial e à importância do agronegócio na economia nacional, a Tokio Marine, subsidiária de um dos maiores grupos securitários do mundo, anuncia a criação do Departamento de Produtos Rurais. A Companhia já oferece o seguro de equipamentos agrícolas e agora, com a nova área, visa ampliar sua atuação no setor com seguros agrícolas, florestais, pecuário, entre outros. A divisão está sob o comando de Marcio Martinati, profissional com mais de 10 anos de experiência nesse segmento, que será responsável por estruturar a equipe de Produtos Rurais da Seguradora e liderar o desenvolvimento de seguros específicos para o setor.

PlantaodeMilho1

Considerado o “celeiro do mundo”, o Brasil é destaque internacional nas atividades ligadas à agropecuária, sendo o maior exportador de café, açúcar, soja e suco de laranja do mundo, de acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Ainda segundo o órgão, o agronegócio representou 23% do Produto Interno Bruto (PIB) do País em 2014, o que equivale a R$ 1,1 trilhão, porém apenas 15% do mercado agrícola é atendido pelas seguradoras – em países como Estados Unidos e Espanha, este percentual chega a mais de 90% -, e o segmento representa somente 2,7% do montante do mercado de seguros nacional.

“Os números indicam que o segmento agrícola apresenta um grande potencial econômico e que há muitas oportunidades de crescimento na oferta de seguros para esse nicho. Diante desse cenário, a Tokio Marine pretende atuar de forma abrangente, com cobertura para todas as atividades do segmento agropecuário, tudo que for “porteira à dentro”, afirma o Diretor Executivo de Produtos Pessoa Jurídica, Felipe Smith.

Segundo ele, como o ramo de seguro rural é extremamente especializado, a Companhia oferecerá produtos customizados, que cubram especialmente condições climáticas adversas que afetem a produção agrícola. “Com a nova estrutura, vamos criar produtos específicos para que os produtores mantenham suas atividades mesmo quando tenham que enfrentar eventos como longas estiagens ou excesso de chuvas”, afirma Smith.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s